in ,

Uma nova era, um novo cabelo

Foi-se o tempo que para ser uma diva a cantora só precisava ter uma bela voz. Na atualidade, a indústria cultural pede que ela tenha carisma, talento, beleza e madeixas que criem moda. A cada álbum novo, as artistas aparecem de visual diferente: loiras, morenas, de cabelo liso, crespo e algumas até carecas.

Neste post vamos relembrar as cabeças que “fizeram cabeças” pelo mundo afora.

Lançado em 24 de agosto de 2010, o segundo álbum da cantora Katy Perry era uma explosão de candy color. O Teenage Dream tem como conceito o mundo doce e colorido de Perry. A cantora, envolta de enorme doces coloridos, sensualizava usando perucas coloridas como marca capilar. Azul, verde, rosa, vermelho… A cada semana o “cabelo” de Katy Perry era diferente. Como uma adolescente rebelde, a artista podia mudar o cabelo quando bem entendesse. O ato, por mais simples que fosse, passava a mensagem de jovialidade e liberdade, ideia proposta no álbum.
No momento, Katy Perry está divulgando seu terceiro álbum Prism e já adiantou, enquanto queimava a peruca, que o mundo fantástico e colorida de Teenage Dream ficou para trás.

De “One Of The Boys” a “Prism”

Os momentos de rupturas nas vidas das divas, costumam ser marcados por grandes mudanças nos cabelos. Quem não lembra em 2007 a princesa do pop, Britney Spears, carequinha.

Numa má fase na vida pessoal, a cantora com 25 anos, era usuária de drogas, tinha problemas com álcool e poderia perder a guarda de seus filhos. Somando a todos os problemas, Britney assistia sua vida ser invadida por dezenas de paparazzis e jornalistas. Como forma de protesto, a própria cantora raspou seu lindo cabelo loiro à máquina. O mundo ficou chocado e Britney começou a usar uma peruca rosa para esconder a carequice. Pouco tempo depois, Britney Spears deu a volta por cima e lançou o álbum Blackout, o quinto de estúdio e considerado um dos melhores já lançados por ela. Na capa, ela aparece sensual e de cabelo comprido preto.

Rihanna é uma das divas da música que mais muda de cabelo em pouco tempo.
A embaixadora de Barbados já teve cabelos loiros, pretos, vermelhos, lisos, crespos, raspados… A última, e mais recente mudança, foi cortar seus cabelos longos e assumir os fios crespos. A cantora é uma das artistas que mais interage no Instagram e nele podemos conferir uma linha do tempo dos seus cortes de cabelo.

A mais recente surpresa para o mundo “cabelístico” foi o corte curtíssimo de um dos cabelos mais esvoaçantes da indústria musical.

Beyoncé em 2009 criou moda com seu penteado ousado. Característico de seu alter-ego Sasha Fierce, a diva do RnB era dona de um longo e liso cabelo que terminava num magnífico topete. O penteado foi copiado em todas partes do mundo e disseminado por ter sido o escolhido para aparecer no videoclipe Single Ladies, um dos grandes hits da cantora. Além dos penteados ousados, as madeixas de Beyoncé fazem parte das “cabelografias”, presentes em todos os shows e também nos momentos divas, em que ela simplesmente deixa os cabelos balançarem aos ventos dos seus potentes ventiladores (os quais um deles causou problemas recentemente).
De lisa com topete, para cacheado e agora finalizando com um cabelo curtíssimo e moderno, Beyoncé também entra na lista das divas que mais alteram o visual.

Como dito antes, as mudanças nos cabelos das divas anunciam novidades, o que será que Beyoncé nos trará?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Antes do apocalipse, a humanidade viveu muitas outras batalhas

Na batalha Brave x Roar, ganha a corajosa ou a leoa?