in ,

Kim Kardashian expõe conversa particular entre Taylor Swift e Kanye West

A internet mais uma vez foi quebrada por Kim Kardashian e dessa vez não envolveu nenhuma foto sensual. A celebridade mais influente da rede expôs a gravação de um telefonema entre Kanye West e Taylor Swift, na qual o rapper apresenta à loira o trecho da música Famous que versa entre diversas polêmicas versa que Swift deve uma transa a West, já que ele a fez famosa.

I feel like me and Taylor might still have sex
Why? I made that bitch famous
(God damn!)
I made that bitch famous

O trecho refere-se ao fato que aconteceu no VMA, em 2009, quando Taylor Swift recebeu o prêmio de Melhor Clipe Feminino, pelo clipe de You Belong With Me, e Kanye West invadiu o palco para cortar o discurso da cantora e dizer que Taylor estou muito feliz por você e já te deixarei terminar, mas Beyoncé tem o melhor videoclipe de todos os tempos.

PRONTO! Aí a bomba da 3ª Guerra Mundial foi plantada, porém, o que não tínhamos a menor ideia era que a bomba iria explodir 7 anos depois, e por acionamento de Kim Kardashian.

Mesmo com a amizade entre West e Swift reatada – depois de uma aproximação feita pelo Jay Z -, a assessoria dela lançou uma nota informando que a cantora estava muito desgostosa com a citação em Famous. Conforme o texto, a própria Taylor não havia recebido aviso sobre a canção e as rimas possuem conteúdo misógino e machista, o que deixava tudo mais difícil de aceitar.

Nesse momento, Kim Kardashian deu um pulo do sofá, gritou “YOU GUYS!” e se meteu na treta. A esposa do West fez questão de gritar aos sete ventos que Taylor sabia SIM sobre os versos de Famous, a loira ainda completou com “sinto-me homenageada” e caso fosse questionada sobre o rap não sobrariam elogios ao rapper.

Louco não?

Bom, como a Kardashian gosta de expor e deixar tudo em pratos limpos, nada mais natural do que jogar a gravação no reality show que acompanha sua vida, o Keeping up With the Kardashians.

Na noite do último domingo (17), o episódio transmitido foi justamente o que dava mais informações sobre a confusão. E nele, Kim apresentou o trecho de uma gravação da conversa entre Kanye West e Taylor Swift. E sim, a loira sabia da música e se mostrou alegre com a citação do rapper

Infelizmente, o trecho apresentado no KUWTK foi curto. Porém, Kim fez QUESTÃO de mostrar tudo no Snapchat. Olha só:

Bom, o barraco foi armado e mais informações importantes foram liberadas. Aqui no Café, diversas questões foram levantadas, entre elas se é correto esse tipo de vazamento, já que se tratava de uma conversa privada.

Alexandre Levy: Não estou aqui para defender machismo ou misoginia, longe de mim. Mas a partir do momento em que ele pede autorização para divulgar uma coisa falando dela e com palavras “feias’, ela perde o direito de rebater e dizer que foi injustiça. Bem estranha essa situação.

Iuri Barcellos: Bom, a Taylor diz que sim, o Kanye ligou pra ela e consultou sobre a música. Porém, ela diz que o that bitch não foi comentado e que isso foi o maior problema. A gente sabe que os rappers utilizam desse termo para citar mulheres – e que algumas não se importam, a própria Kim Kardashian se diz uma delas -, mas se escondeu o termo é porque sabia que daria problema…

A.L.: Enquanto a gravação não foi divulgada ela dizia ‘ah, não sabia de nada, só achei super ofensivo’. Aí soltaram tudo e ela diz que não gostou do verso que chama ela de vadia… Como se todo o resto estivesse OK, ela pega outro fato para falar da conversa que ela já havia negado.

I.B.: Esse foi um erro dela, com certeza. Seria mais fácil ter deixado tudo em planos claros desde o início. Mas, ainda assim, eu fico na questão de gravações de conversar particulares sendo expostas assim. Mesmo que eles tenham pedido permissão a Taylor para gravar, era de se esperar que elas não fosse utilizadas como uma arma contra a própria cantora. Acho que vai rolar o famoso processinho…

A.L.: TOTAL! E verdade o grande problema disso tudo foi o papel de sonsa da Taylor Swift de falar que não sabia de nada, enquanto na verdade sabia de tudo. Ah! Eu não acredito que ela tenha sido cobra, acredito que ela tenha sido conveniente para carreira. Porque se no início, quando Kanye foi criticado pela música, ela tivesse dito “OK, eu adorei e me senti homenageada” o público iria cair em cima dela também.

I.B.: Sim! Imagina a quantidade de garotas que sentiram-se atingidas de forma negativa pela música,e aí a ídola delas diz que achou lindo. Acredito que se fosse comigo eu ficaria bem irritado. A letra basicamente diz ‘você não ficou famosa pelo seu talento, isso é mérito meu e da minha p*ca gigante’. E para engrossar ainda mais o caldo, no meio entram Katy Perry, Calvin Harris, Selena Gomez, Demi Lovato… E mais uma squad de celebridades e fãs. Já há algum tempo comentários sobre uma “segunda face” de Taylor Swift são largadas na internet.

A.L.: A Kim Kardashian foi inteligente e oportunista o bastante para usar disso tudo a favor deles (Kanye e Kim). E no mês que vem tem VMA, veremos o que nos aguarda.

I.B.: Eu só espero que isso tudo não seja uma enorme jogada de marketing.

No episódio de KUWTK, a Kim Kardashian afirma que Kanye West sempre grava suas conversas e processos criativos e por isso ele tem tudo documentado. E, mesmo antes de apertar o rec, ele avisou a Taylor Swift sobre a gravação.

Bom, para finalizar, não estamos aqui para debater – ou defender- misoginia e machismo, mas sim sobre o fato de celebridades atuarem de um jeito em frente as câmeras e de outro completamente oposto por detrás.

Queremos saber de vocês: Qual a sua opinião sobre a confusão Kardashian West x Swift?

2 Pings & Trackbacks

  1. Pingback:

  2. Pingback:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pokémon Go é mais famoso que o Tinder e o pornô

‘Game Of Thrones’ terá sétima temporada encurtada e atrasada