in ,

‘The Jinx’, uma série documental da HBO que você não pode perder

Lembro muito bem do momento em que recomendaram para mim The Jinx como uma ótima série documental sobre crimes não resolvidos. Estava com uma amiga caminhando pela faculdade, teorizando sobre Making a Murderer, da Netflix e ela falou “Acho que você vai gostar de The Jinx“.

The Jinx é uma série documental da HBO que narra a história conturbada de Robert Durst, um multimilionário americano. Herdeiro de uma família do ramo de construções, Durst tem seu nome como suspeito de crimes hediondos desde os anos 1980. O primeiro da lista é como o principal suspeito de homicídio de sua esposa, Kathleen McCormack; Depois, em 2000, Durst também é o principal suspeito pelo homicídio de sua amiga, Susan Berman. E, além das duas acusações, Robert Durst foi julgado em 2003 pelo assassinato e esquartejamento de seu vizinho, Morris Black.

UFFA! Aí você questiona: “Por que ele não está preso?”.Então, é mais ou menos isso que a minissérie tenta responder em seis episódios.

 

The Jinx – The Life and Deaths of Robert Durst

 

No caso de Kathleen, ex-esposa de Durst, a história é a seguinte: O casal estava em crise com brigas diárias, agressões físicas e verbais. Em um dos depoimentos de uma amiga próxima à polícia, Robert frequentemente batia em Kathie e, em algumas vezes, ameaçou a ex-esposa de morte – tudo por causa de problemas no trabalho e mudanças repentinas de temperamento. Aliás, na noite do desaparecimento, Kathleen informou a amiga que voltaria a Nova York para ficar um pouco sozinha, e que o divórcio era inevitável. A amiga foi a penúltima pessoa que viu Kathie viva, a última foi o porteiro do apartamento em Nova York. Desde então, o corpo dela não foi mais visto (vivo ou morto) e Robert afirma que Kathleen desapareceu.

Já com Susan Berman a história é outra. A filha de um famoso mafioso de Las Vegas era amiga próxima de Robert Durst, aliás, ela foi uma das poucas que protegeu e deu álibi ao milionário quando a acusação de assassino foi divulgada. Na segunda metade do ano 2000, anos depois do arquivamento do caso Kathleen, Susan foi contactada pela polícia para depor novamente sobre o sumiço de Kathie, e como boa amiga, ela avisou a Robert sobre a reabertura. Bom, o desfecho foi seu corpo sendo encontrado morto, dentro da própia casa na Califórnia. E, de novo, Robert é o principal suspeito, principalmente porque, naquele período, ele viajou para a região.

O terceiro caso, é o mais complicado. Em uma de suas sumidas pelos EUA, Durst se transvestiu como uma idosa e foi morar em uma pequena cidade americana. Lá o milionário vivia em um casebre vizinho a casa de Morris Black e que, conforme relatos de Durst, era um homem agressivo. Durante as tardes eles costumavam a assistir TV juntos e foi num desses dias que tudo deu errado. Morris era temperamental e vivia armado, um dia, após uma discussão, os dois travaram uma luta até que a arma, acidentalmente, disparou na cabeça de Black. Confuso e sem saber o que fazer, Robert Durst cortou o corpo do vizinho a fim de evitar mais uma passagem pela polícia. Entretanto, os pedaços do corpo que foram jogados no rio da cidade, não afundaram e foram encontrados pouco tempo depois.

O resumo acima está simplificado e com algumas omissões para não estragar a surpresa. Diferente de Making a Murderer, The Jinx é uma série documental que questiona porque o acusado não está preso, e apresenta os furos nas leis dos EUA.

A série é original da HBO e dirigida por Andrew Jarecki – mesmo diretor de Entre Segredos e Mentiras, filme baseado na história de Robert Durst. The Jinx concorreu a seis prêmios EMMYs em 2015 e levou para casa dois troféus: o de Melhor Série Documental e de Melhor Edição para Séries Documentais.

Coloca na watchlist e depois conta para gente 😉

Perfect Illusion levanta a dúvida: pra fazer sucesso tem que ser farofa?

Letras de Beyoncé viram roteiro em quadro de humor com James Corden