Ouça a fantástica trilha sonora de The OA, da Netflix

ouei
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
85

Já falamos aqui sobre The OA, da Netflix, e a arte de contar uma boa história, além de discutirmos algumas das zilhões de teorias muito loucas sobre o futuro da série.

Além de fotografia, atuações e roteiro impecáveis, The OA também conta com uma trilha-sonora que faz o espectador ficar completamente imerso em seu mundo misterioso e esotérico.

A mais emblemática, a música que toca durante a abertura da série, lá pelo final do primeiro episódio, e durante a cena clímax, no último, também é a que OA toca no violino para o pai e no metrô, quando HAP a conhece. Infelizmente, não existe uma faixa oficial e nem sabemos o nome da composição, porque ela foi criada especialmente para a série por Rostam Batmanglij, irmão do diretor de The OA, Zal Batmanglij. Algum fã, no entanto, fez essa montagem com o áudio das diversas partes em que a música aparece, quebrando um galho enquanto a oficial não é lançada.

Outra preferida dos fãs é (atenção: spoiler!) a música que toca enquanto OA e Homer fazem os dois primeiros movimentos e ressuscitam Scott, no quarto episódio. “Downtown” foi lançada em 2015 pela dupla canadense Majical Cloudz.

Uma das faixas mais emocionantes de The OA, para mim, é a que toca no trailer da série, “Something Under Her Skin”, do compositor Max Richter, também conhecido por ter feito a trilha da série The Leftovers.

Outra faixa instrumental maravilhosa é Let My Key Be C, de Nils Frahm & Anna Müller, que toca em alguns momentos da série, como na cena em que BBA, Alfonso, Buck, Steve e Jesse vão à casa abandonada para começar a ouvir a história de OA.

 

 

Na cenas em que Buck aparece cantando com o coral da escola, eles estão interpretando a música Better Man, da banda Pearl Jam.

Outro aspecto interessante são as músicas que tem temática relacionada a anjos em seus nomes, como Battle Angels, da banda Sanctuary, e Possessing the Angel, da banda sueca Soilwork. O clima da série, em geral, me lembra muito The XX; espero que usem Angels na próxima temporada, se ela for confirmada!

A playlist completa da série no Spotify foi criada pelo Leonardo Vitório, e você pode ouvir clicando aqui.

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
85

Comments

comments