A aparente futilidade de Big Little Lies esconde uma trama muito mais profunda

big little lies
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
5

Quem assiste ao primeiro episódio de Big Little Lies, nova minissérie da HBO, pode achar estranho que uma história tão rasa, com motivações fúteis, tenha reunido um elenco tão bom.

O fato de que as protagonistas Reese Witherspoon e Nicole Kidman trabalhem também como produtoras executivas do programa até explica a presença delas, mas confunde ainda mais por uma história aparentemente frívola ter chamado a atenção de ambas as estrelas de Hollywood.

A produção adapta o livro de mesmo nome (Pequenas Grandes Mentiras, na versão nacional lançada pela editora Intrínseca), da autora Liane Moriarty, e conta a história de três mulheres, interpretadas por Reese, Nicole e a jovem Shailene Woodley, enfrentando problemas relacionados aos filhos e a vida escolar deles, com brigas entre pais, professores, montagens de peças infantis e diversas outras banalidades cotidianas.


O respiro neste piloto é o mistério que permeia a série, um assassinato numa festa de gala, que revela a fragilidade da aparente vida perfeita dos moradores da cidade de Monterey. A trama vai então mostrando os acontecimentos anteriores a essa tragédia,  sem revelar por enquanto quem morreu e muito menos quem matou, deixando para o espectador a missão de tentar juntar os pontos.

Mesmo esse evento bizarro presente na história não convence à primeira vista, levando a crer que, de acordo com o que é apresentado de início, as motivações para o crime foram tão vazias quanto o resto do enredo. E é aí que o público se engana.

Nos episódios seguintes, conforme a narrativa se aprofunda na vida dos personagens, é revelada uma complexidade inesperada, com nuances muito mais sérias do que a série aparentava ter. Assuntos como estupro, adultério, violência doméstica e abandono vão se tornando cada vez mais presentes, nos levando a uma empatia com as protagonistas e que encontra reforço no excelente trabalho das atrizes principais.

Uma surpresa muito bem vinda, Big Little Lies aproveita perfeitamente o investimento que uma produção da HBO possibilita, se destacando também pela ótima direção e edição, com cuidado cinematográfico. Levando em conta a evolução entre um episódio e outro, mantendo o ritmo até a revelação final, a série já pode ser considerada uma das melhores produções do ano na televisão.

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
5

Comments

comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *