16 filmes com temática LGBTQ+ para curar qualquer preconceito

Filmes lgbt
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

A sétima arte já abordou de diversas maneiras a temática LGBTQ+. São produções dos mais diferentes âmbitos que abrem os debates e nos fazem refletir sobre as ímpares realidades de cada pessoa LGBTQ+. São histórias de exclusão social, de auto conhecimento, de romance, festas e aventuras. Então, para facilitar a sua escolha, separamos 16 filmes que abordam a temática LGBTQ+ para você assistir, conhecer as diferentes abordagens que o cinema já produziu e curar qualquer preconceito. Aliás, alguns destes filmes estão disponíveis na Netflix.

Confira também: 21 filmes para morrer de chorar disponíveis na Netflix

1. Laurence Anyways

Essa é uma das produções mais interessantes e longas do jovem diretor canadense, Xavier Dolan. A trama narra a história de um professor que, no seu aniversário de 30 anos, revela a vontade de iniciar a transição. Para quem é apaixonado pelas intensas obras de Dolan, Laurence Anyways é uma parada obrigatória.

2. Moonlight

Sob direção de Barry Jenkins, Moonlight narra a história de autoconhecimento de Black, um menino homossexual de uma região periférica de Miami. O filme ganhou mais notoriedade ao ser o vencedor do Oscar de Melhor Filme.

3. Hoje eu Quero Voltar Sozinho

Um dos detalhes que deixa a história ainda mais interesse – além da graciosa interpretação de Ghilherme Longo, como Leonardo – é o protagonista se apaixonar pelo toque, ´pelo cheiro e pela solicitude de seu colega de sala. O longa é juvenil, refrescante e brasileiro.

4. Azul é a Cor Mais Quente

Ou simplesmente La Vie d’Adèle narra a lindíssima história de duas garotas que se apaixonam. Apesar do filme ser conhecido pela sua ávida cena de sexo, Azul é a Cor Mais Quente é uma história sobre ‘partir’.

5. Priscilla, a Rainha do Deserto

O filme é um clássico do cinema mundial e que gira em torno da temática homossexual. O grande elogio a Priscilla fica por conta do bom humor que, de longe, não repete esteriótipos.

6. Orações para Bobby

Então eu descobri porquê Deus não curou o meu filho, porque não havia nada a ser curado. Essa é uma das frases que a mãe de Bobby discursa durante o longa. A história é baseada em fatos reais. Orações para Bobby foi produzido para a TV americana, sendo assim cópias físicas não são encontradas no Brasil.

7. O Jogo da Imitação

Alan Turing foi o cientista da computação responsável por ‘vencer’ a Segunda Guerra Mundial ao decifrar o código nazista. Aliás, Turing era homossexual na época em que ser gay era considerado crime.

Confira também: 23 filmes assustadores na Netflix para dormir de luz acesa

8. Milk: A Voz da Igualdade

Anos 1970, e o primeiro político publicamente assumido homossexual é eleito nos EUA. Em meio a manifestações, preconceitos e muita tramoia política, Harvey Milk fez história.

9. Além da Fronteira

O filme não é baseado em fatos reais, mas teria tudo para ser. Ao retratar a história de dois homens apaixonados, o longa israelense, além do preconceito, radicalização religiosa e da homossexualidade, traz a guerra geopolítica entre Israel e Palestina, já que os protagonistas nasceram um de cada lado da fronteira.

10. O Segredo de Brokeback Mountain

Outro grande título LGBTQ+ que aborda a história de homens que não se libertam do próprio preconceito. Com Heath Ledger e Jake Gyllenhaal nos papeis principais, a história é comovente.

11. Carol

Cate Blanchett é uma arte a parte da obra que é Carol. De forma contida e estritamente reservada, o longa vai te seduzir.

12. Eu Matei Minha Mãe

Era 2009 quando Xavier Dolan apresentava Eu Matei Minha Mãe e, talvez, seja o filme que mais represente o estilo do diretor: Dramático, intenso, vibrante e com uma certa pretensão.

13. Praia do Futuro

Wagner Moura e Clemens Schick formam o belíssimo casal de Praia do Futuro. Ao lado deles, o na época novato, Jesuíta Barbosa abrilhante esse obra Germano-brasileira.

14. Weekend

O título do filme resume bem a obra. Weekend é um daqueles longas que nada mais faz do que retratar o cotidiano de alguém, ou, neste caso, o fim de semana.

15. Amores Imaginários

Dolan aborda a temática da paixão fantasiosa e do amor sobre o conceito. Em Amores Imaginários um casal de amigos se apaixona pelo mesmo homem.

16. The Normal Heart

Mais uma produção retratando os anos 1980. The Normal Heart narra o surgimento e o contágio acelerado do HIV nos EUA. No início das pesquisas sobre o vírus, muitos acreditavam que a AIDS era uma doença que só gays contraíam.

A lista de filmes apresenta diferentes formas de abordagens sobre o tema LGBTQ+. Separa a pipoca e talvez o lenço e boa sessão.

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comments

comments