in , ,

Rouge: 15 anos transformando as canções internacionais em ouro

Não é novidade que as meninas do grupo Rouge têm vocais angelicais e um potencial gigantesco. Aliás, o Brasil sabe disso desde a formação do grupo, no programa Popstars do SBT, em 2002. Desde o primeiro minuto de programa as meninas já haviam se tornado um fenômeno de venda e de cultura popular. Hoje em dia, 15 anos depois, elas provaram o toque de Midas ao renovar o público sem deixar os admiradores na mão. Com uma turnê nova e um single novo na rua, o Rouge mostrou que tudo que toca vira ouro.

E por isso, reunimos neste post algumas músicas das garotas que são, na verdade, versões de canções feitas na gringa e, na maior parte dos casos, é superior em qualidade vocal, personalidade e expressividade artística do que as originais. Porque, nem sempre, só a originalidade é o fator importante numa música.

Não Dá Pra Resistir

A canção Não Dá Pra Resistir, do primeiro álbum do Rouge, é uma música composta por compositores norte-americanos e entregue ao grupo ainda em 2002. A versão em inglês, interpretada pela cantora Nikki Cleary, foi lançada posteriormente em 2003. Ainda assim, a versão da banda brasileira consegue imprimir muito mais personalidade e originalidade do que a americana. Ouça:

Ragatanga

Esta é famosa: a canção mais conhecida das meninas, Ragatanga, é uma versão da música Asareje da banda Las Ketchup. E não precisamos nem dizer que a versão brasileira pisa, né?

Beijo Molhado

A música Beijo Molhado é uma canção regravada da cantora Nikki Webster, de seu álbum de estréia, de 2001. Inclusive, não só essa: Rick Bonadio, antigo produtor e empresário do grupo, comprou os direitos de quatro canções de Nikki para o cd de estréia do grupo.

O Que O Amor Me Faz

A música I’ll Be Your Friend foi uma das quatro canções retiradas do álbum de Nikki. A letra e melodia são totalmente diferentes da versão original, por isso, a faixa não foi creditada no álbum do grupo como uma versão. Porém, o instrumental é idêntico ao da cantora gringa.

Nunca deixe de Sonhar

A canção Nunca deixe de Sonhar é uma versão da canção El Poder De Los Sueños, de Alejandro Werner. Depois, a banda Bandana, também formada no programa Popstar (da versão Argentina) também fez um cover da música.

C’est la Vie

A canção título do segundo álbum do grupo Rouge é uma versão, de mesmo nome, da banda irlandesa B*Witched. A versão do grupo brasileiro é sem dúvidas um clássico e nem se compara em qualidade vocal.

Me Faz Feliz

A canção, presente no primeiro álbum do grupo, é uma das versões do álbum de estréia da australiana Nikki Webster. A música na voz do Rouge soa muito mais adulta do que a versão de Nikki. Ouça:

Estas e outras versões podem ser encontradas neste vídeo do YouTube, que resume todas. Agradecemos ao criador original do vídeo pela inspiração do post. O novo single das meninas, Bailando, está disponível em todas as plataformas digitais e no YouTube. Assista abaixo e vem dançar com a gente, agora!


One Ping

  1. Pingback:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

“O Assassinato de Gianni Versace: American Crime Story”: As primeiras impressões

‘Vocação Para o Mal’ é uma evolução na saga do detetive Cormoran Strike