Quer trabalhar na Disney? Pergunte-me como! [parte II]

Disney Magic Kingdom
  • 4
  • 2
  •  
  •  
  •  
  •  
    6
    Shares

Provavelmente, todo mundo que é fã de Disney e já visitou algum dos parques da empresa ao redor do mundo já se perguntou como é trabalhar por lá – a ajudar a criar, diariamente, a magia de que os guests (como a Disney chama seus visitantes) vão se lembrar pelo resto da vida. Mas nem todo mundo sabe que, para os estudantes brasileiros, passar uma temporada trabalhando no Walt Disney World, o complexo da Disney em Orlando, na Flórida, é sim possível. Interessou? Então continue lendo este post: o processo seletivo para 2018/2019 está para começar – quem sabe no final do ano você não embarca na sua jornada para ser um Cast Member?

disney

[Como era bastante informação para reunir em um só post, decidimos dividir o conteúdo em dois: no primeiro post, você leu sobre o programa em si, os pré-requisitos, o trabalho, o pagamento e as roles – neste aqui, a gente fala mais sobre a rotina de cast member, o housing da Disney, os benefícios e o processo seletivo ;)]

Chegou aqui por engano? leia a parte I primeiro clicando aqui

Housing e Transtar

E onde você vai morar enquanto estiver trabalhando na Disney? A empresa tem quatro condomínios para os ICPs e os CPs (os participantes do college program norte-americano): o Vista Way (o maior e mais antigo deles, que fica um pouco afastado dos outros três), o The Commons, o Chatham Square e o Patterson Court (esses três, menores e mais novos, e bem próximos um do outro). Cada condomínio tem suas vantagens e desvantagens, o que também varia muito de acordo com o gosto de cada pessoa: tem quem prefira apartamentos maiores, tem quem prefira apartamentos menores; tem quem seja alérgico e não suporte apartamento com carpete no chão; tem quem ache essencial ter máquina de lavar roupa dentro do apartamento; tem quem valorize a praticidade de morar perto do Dollar Tree, outros querem é morar perto do outlet; tem quem faça questão de estar no caminho de todas as linhas de ônibus, tem quem não se importe de caminhar até o condomínio vizinho para pegar seu ônibus; e assim vai. Eu morei no Vista Way, em um apartamento com outras cinco brasileiras, e não trocaria meu condomínio por nada. (L) E o esquema é o mesmo da role: você pode indicar para a Disney em qual condomínio mais gostaria de morar, mas vai depender muito da organização da própria Disney. Você paga aluguel, mas ele já vem descontado semanalmente no seu paycheck, que entra toda quinta-feira.

Falando nisso, os ônibus que circulam transportando os cast members pelos condomínios, parques e resorts são os famigerados Transtar: você vai ver muita gente reclamando que o ônibus é ruim, que atrasa e que quebra, e tudo isso é mesmo verdade – mas nada a que um brasileiro que utiliza o transporte público no dia-a-dia não esteja acostumado, não é mesmo? E convenhamos: é transporte de graça para os parques (e para o Walmart, o Publix, o post office…), inclusive nos seus dias de folga, então tá ótimo, né?

disney

Parques, benefícios – e a termination

Sim, você leu certo: enquanto for um cast member, você tem entrada livre nos parques da Disney, todos os eles, todos os dias, quando quiser – se quiser passar absolutamente todos os seus days off, todas as suas horas off, passeando pelos parques, você pode! E você vai ter outros benefícios: desconto de 40% em compras nas lojas da Disney na época do Natal (até a metade de fevereiro, na verdade); cupons de desconto para comprar refeições e lanchinhos; ingressos para levar amigos e familiares para os parques (você ganha um ingresso a cada x horas trabalhadas); acesso à Cast Connection (uma loja com produtos com pequenos defeitos, que são vendidos por preços MUITO mais baixos que nas lojas dos parques)… É uma experiência totalmente diferente da que você pode ter como guest!

Mas nem tudo são flores: se você vacilar, pode acabar sendo terminated – ou seja, a Disney pode finalizar seu contrato e te mandar para casa. E, como seu visto é o de trabalho (mais sobre isso logo abaixo), se seu contrato é encerrado, você tem 48 horas para deixar os Estados Unidos – e essa marca vai pesar em seus futuros pedidos de visto. Assim que chegar aos EUA, você vai assistir a uma palestra da Disney sobre o tema – de verdade, não é difícil não ser terminated: é só seguir as orientações direitinho, fazer o que a Disney pede, não fazer o que a Disney proíbe (que vai de coisas mais graves, como beber álcool sendo menor de 21 anos de idade, a outras aparentemente mais bobas, como usar o celular enquanto estiver on stage, trabalhando), e tudo vai dar certo. ;D

disney

Processo seletivo e visto

Okay, você se empolgou – mas como diabos você pode virar um cast member? Aqui no Brasil, o processo seletivo é organizado pela STB – não, você vai vai precisar pagar ou contratar a STB para participar: ela é só uma intermediadora, mesmo. A primeira parte do processo é justamente uma palestra sobre o ICP, apresentada pela STB – mesmo que você saiba TUDO sobre o ICP, a participação nessa palestra é obrigatória para se inscrever. As apresentações acontecem em diversos locais do Brasil, que variam a cada ano: ano passado, se não me falha a memória, teve palestra em São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, Florianópolis e Fortaleza, mas a tendência é que algumas cidades mudem neste ano, para dar chance para pessoas diferentes. As vagas para as palestras são limitadas e se esgotam MUITO rápido (de verdade: ano passado, as três palestras de São Paulo, com 500 vagas cada, lotaram em menos de sete minutos); então é bom já começar a visitar o site da STB diariamente, para ser um dos primeiros a saber quando eles liberarem as informações sobre datas e locais das palestras, e o dia e o horário de início das inscrições. Ano passado, a inscrição aconteceu em abril – e abril já está quase aí.

No momento da palestra, você vai agendar a primeira entrevista: se você viajar para outra cidade para ver a palestra, vai ter prioridade, então provavelmente vai conseguir fazer sua entrevista no mesmo dia. Em casos como o meu, que moro na mesma cidade em que vi a palestra, a coisa pode demorar alguns dias: eu vi a palestra na segunda-feira, e fiz a entrevista na quarta. A primeira entrevista é feita em duplas ou trios, e é bem curta e direta, com perguntas mais direcionadas para a sua vida: se você trabalha e com o quê, por que escolheu seu curso universitário, como aprendeu a falar inglês… Quem faz essa entrevista são os funcionários da própria STB, mas ela já é toda feita em inglês, sem exceções.

Cerca de um mês depois da entrevista, você vai receber o resultado: você pode ser aprovado, reprovado, ou ficar em stand by – o que quer dizer que você ainda pode ser chamado, se alguém desistir ou for reprovado na segunda fase. Entre a primeira e a segunda entrevistas, você vai ter que preencher algumas documentações solicitadas pela Disney, e também enviar currículo e cover letter (a famosa ‘carta de intenção’, em que você explica por que quer trabalhar na Disney e por que acha que isso seria bom para sua vida e sua carreira) em inglês – além de agendar a segunda entrevista, que é sempre em São Paulo, com os recruiters da Disney, que vêm de lá especificamente para isso. A segunda entrevista é individual e, geralmente, mais longa, além de ser focada na sua relação com a Disney: qual seria sua role favorita, por quê, qual é seu parque preferido, por que você acha que seria um bom cast member, etc. O resultado dessa entrevista (que também pode ser aprovado, reprovado ou stand by) sai mais rapidinho: em uma semana você já recebe seu email.

disney

Aí é correr atrás de documentação: vão ser mil coisas para preencher, enviar, pagar, escrever – mas calma, a Disney e a STB vão solicitando uma coisa de cada vez, passo a passo, para ninguém se perder. E, claro, existe o que pode ser considerado uma terceira etapa do processo seletivo: a solicitação do visto J1, de intercâmbio para estudantes estrangeiros. É cruel, mas sim, tem gente que tem o visto negado mesmo com a job offer da Disney em mãos – então seja organizado e não descuide da sua documentação, para diminuir o risco de que isso aconteça com você.

Quer saber mais? Uma boa dica é entrar no grupo Futuros Disney Cast Member 2018/2019 no Facebook: lá, além de tirar dúvidas, você pode dividir angústias com outros candidatos – e ir conhecendo aqueles que talvez sejam seus futuros colegas de trabalho. (L) O ICP é uma experiência incrível, e eu já fico empolgada por quem for viver isso no ano que vem. Boa sorte!

Comments

comments