More stories

  • in ,

    TRANSABILIDADE

    No Transabilidade de hoje ensinarei como fazer um hit para o verão. Fique ligado na receita, não podemos esquecer de nenhum ingrediente.

    Algumas cabeças pensantes
    Criatividade
    Chiclete
    Uma pitada de ginga.

    Misture boas cabeças pensantes com uma pitada de ginga e terá um resultado tão bom quanto "Moleque Transante". (Foto: Hick Duarte/Reprodução)
    Misture boas cabeças pensantes com uma pitada de ginga e terá um resultado tão bom quanto “Moleque Transante”. (Foto: Hick Duarte/Reprodução)

    Continue reading

  • in ,

    Os livros que eu quero

    O que falar desse livro que eu acabei de ler e já gosto tanto? Ok, isso aqui não é um depoimento no falecido Orkut, mas eu não teria jeito melhor de começar a falar sobre “A Garota que Eu Quero”, de Markus Zusak. Cameron Wolfe é o típico adolescente caladão, tímido. O caçula de quatro […]

  • in ,

    Conheça as atrações internacionais que passarão pelo Brasil no primeiro semestre de 2014

    Em 2014, vamos todos ficar (ainda) mais pobres. Com a vinda de da Comic-Com para o Brasil, estreias de filmes aguardadíssimos, grandes lançamentos literários e muitos shows em nossas agendas, fica difícil sobrar algo no bolso. Separamos alguns dos espetáculos previstos para aterrissar no Brasil nos próximos meses! FEVEREIRO Já começamos com The Offspring. Depois […]

  • in ,

    Trailer de “A Culpa é das Estrelas” vaza na internet

    É um avião? É um passáro? Não, é o trailer da adaptação cinematográfica de “A Culpa é das Estrelas” vazando super clandestinamente na internet na noite deste domingo, quando todas as atenções da cultura pop estão voltadas ao Grammy. Removido da conta do usuário que o vazou tão rapidamente quanto foi publicado, o vídeo ainda […]

  • in ,

    A saga da não ficção e o novo – não tão novo assim – jornalismo

     

    nj1

    Tudo aconteceu com incrível rapidez. Voltando de um restaurante, Bonanno desceu de um táxi depois de seu advogado, William P. Maloney, que saiu correndo na frente, sob a chuva, para resguardar-se embaixo do toldo. Nesse momento, os pistoleiros surgiram da escuridão, puxando Bonanno pelos braços em direção a um automóvel. Bananno tentou se livrar, mas não conseguiu. Encarou os homens furioso e perplexo – desde os tempos da Lei Seca não era tratado com tanta brutalidade, e daquela vez quem o maltratara fora a polícia, porque ele se recusara a responder umas perguntas. Desta vez, estava sendo brutalizado por homens de seu próprio mundo, dois grandalhões de sobretudo e chapéu preto, um dos quais lhe disse: “Vamos Joe, meu chefe quer ver você

    Bonanno, um homem vistoso e grisalho de 59 anos, nada respondeu.

     

    Continue reading

  • in , ,

    As maiores febres literárias no Brasil dos últimos 15 anos

    Tornei-me leitora de verdade, entrando no mundo dos livros sem figuras e com mais de duzentas páginas, ainda que infantis, com Harry Potter, em 2001. Naquela época, o mercado editorial brasileiro – e do mundo inteiro, aliás – começava a acordar para um segmento que andava meio neglicenciado pelas editoras – os de adolescentes e jovens adultos.

    Acredito que grande parte dos leitores que hoje em dia estão na casa dos vinte anos podem dizer que sua história como leitores começou da mesma forma. Harry Potter foi o fenômeno que abriu a porta para a literatura YA (Young Adult) entrar de vez no mundo literário.

    A partir dos meus oito anos, quando comecei a ler a saga do bruxo britânico, fui construindo meu gosto por livros, conforme crescia. Na pré-adolescência, li Meg Cabot, Dan Brown. Um pouco depois, lá pelos 14, mergulhei em dramas mais “sérios”, principalmente os históricos, como A Menina Que Roubava Livros e O Caçador de Pipas. Nos anos seguintes, também não deixei de lado clássicos como Machado de Assis, Jane Austen ou Vitor Hugo, tão diferentes entre si, porém tão iguais em termos do quanto gosto deles.

    Nos últimos quinze anos, acompanhei de perto cada febre literária que chegava lá de fora e fazia a cabeça da juventude brasileira. O processo era, e ainda é, o mesmo: um livro sobre determinado tema ganha destaque, e uma série de outros similares brotam em todas as vitrines, pegando carona no sucesso do primeiro. Não necessariamente os que pegam carona são piores ou foram lançados depois, muito pelo contrário. Às vezes, os que ganham destaque depois são mais interessantes ou até mesmo foram publicados bem antes, mas precisavam de um empurrãozinho para chegar à fama.

    Tentei listar, a seguir, as febres literárias que percebi nos últimos quinze anos, tanto as que eu li quanto as que não me agradaram tanto assim.

    Continue reading

  • in ,

    Lanterna Verde e a filosofia: o que um super-herói de HQs tem em comum com Platão?

    lv1Depois de um tempo tentando conquistar Carol Ferris, Hal Jordan está prestes a tocar a campainha da moça munido de um buquê de flores, quando recebe o chamado de ajuda de outro Lanterna Verde, para ver o que está acontecendo num planeta do setor do Lanterna Tomar-Re.

    Hal Jordan, travestido de Lanterna Verde, chega então ao planeta Aku, onde os habitantes estão, digamos, adormecidos numa câmera subterrânea, enquanto suas projeções mentais como se imortais, levam uma vida normal na superfície. O problema é que, apesar de todos os cuidados previstos, um grupo de rebeldes ameaça destruir a câmera onde estão seus corpos e tomar o poder. Para espanto de Ibr, cientista que idealizou o projeto, fora sua própria imagem, uma espécie de lado maléfico, independente de sua força de vontade, o responsável pela rebelião.

    Continue reading

  • in , ,

    Como são escolhidos os vencedores do Oscar?

    Com a virada do ano, a 86ª edição do Oscar fica mais próxima. Marcada para o dia 2 de março, a maior premiação de cinema cria expectativas e, como sempre, discussões quanto aos favoritos, indicados e vencedores. Mesmo antes da divulgação oficial dos indicados, diversos sites especializados em cinema já fazem suas apostas.

    A estatueta, que é entregue há 67 anos aos melhores do cinema, tem 34 centímetros de altura, pesa 3,9 quilos e é composta de 92,5% de estanho, 7,5% de cobre e folheado a ouro de 14 quilates e platina. O custo de fabricação de cada uma é de 150 dólares. A imagem é a de um guerreiro com uma espada sobre um rolo de filme e foi desenhada por Cedric Gibbons e esculpida por George Stanley. A origem do nome “Oscar” possui duas versões: a primeira diz que, em 1931, a bibliotecária Margareth Herrick olhou para a estatueta e disse: “Parece meu tio Oscar”. Já a segunda diz que a atriz Bette Davis olhava para a estatueta e lembrava-se de seu ex-marido, Harmon Oscar Nelson.

    estatueta

    Ganhar um Oscar é com certeza um grande marco na vida de qualquer pessoa que trabalha na área cinematográfica, e também um grande sonho para muitos. O Oscar vem há muito reafirmando o seu título como a maior premiação do cinema. Porém, nem sempre os vencedores da premiação agradam ao grande público, que muitas vezes acusam a academia de ser vendida, extremamente nacionalista e política e de sempre favorecer determinados atores e diretores em detrimento de outros.

    Pois bem, tudo isso leva às seguintes questões: seria a Academia realmente vendida, nacionalista e favorecedora de alguns em detrimento de outros como dizem por aí? Quais são os critérios da Academia para a escolha dos filmes em suas respectivas categorias?

    Sei que muitos ao lerem isso agora irão discordar, porém o Oscar é a premiação que tem o critério menos discutível, menos até que os festivais cinematográficos europeus tão aclamados. Me explicarei. Os vencedores do Oscar são escolhidos pelos associados da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, que é formada por mais de 6 mil membros. Esse grande número de membros evita favoritismos e panelinhas, muito comuns nos festivais europeus, uma vez que, nestes, o júri é formado por um número reduzido de pessoas.

    Como funciona então a votação? Pode-se dizer que ela é dividida em duas etapas.

    Continue reading

Load More
Congratulations. You've reached the end of the internet.
Back to Top
Create

Ad Blocker Detected!

Advertisements fund this website. Please disable your adblocking software or whitelist our website.
Thank You!

Log in

Forgot password?

Forgot your password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

To use social login you have to agree with the storage and handling of your data by this website.

Close
of

Processing files…